quinta-feira, 7 de julho de 2011

PALÍNDROMOS, TAUTOLOGIA e PROVÉRBIOS

SABE O QUE É UM PALÍNDROMO?

NÃO?!
Um palíndromo é uma palavra ou um número que se lê da mesma maneira nos dois sentidos, normalmente, da esquerda para a direita e ao contrário.

Exemplos: OVO, OSSO, RADAR. O mesmo se aplica às frases, embora a coincidência seja tanto mais difícil de conseguir quanto maior a frase; é o caso do conhecido:

SOCORRAM-ME, SUBI NO ONIBUS EM MARROCOS.

Diante do interesse pelo assunto (confesse, já leu a frase ao contrário), tomei a liberdade de seleccionar alguns dos melhores palíndromos da língua de Camões...

ANOTARAM A DATA DA MARATONA

ASSIM A AIA IA A MISSA

A DIVA EM ARGEL ALEGRA-ME A VIDA

A DROGA DA GORDA

A MALA NADA NA LAMA

A TORRE DA DERROTA

LUZA ROCELINA, A NAMORADA DO MANUEL, LEU NA MODA DA ROMANA: ANIL É COR AZUL

O CÉU SUECO

O GALO AMA O LAGO

O LOBO AMA O BOLO

O ROMANO ACATA AMORES A DAMAS AMADAS E ROMA ATACA O NAMORO

RIR, O BREVE VERBO RIR

A CARA RAJADA DA JARARACA

SAIRAM O TIO E OITO MARIAS

ZÉ DE LIMA RUA LAURA MIL E DEZ
______________________________________

E sabe o que é tautologia?

É o termo usado para definir um dos vícios, e erros, mais comuns de linguagem. Consiste na repetição de uma ideia, de maneira viciada, com palavras diferentes, mas com o mesmo sentido.
O exemplo clássico é o famoso ' subir para cima ' ou o ' descer para baixo ' . Mas há outros, como pode ver na lista a seguir:
- elo de ligação
- acabamento final
- certeza absoluta
- quantia exacta
- nos dias 8, 9 e 10, inclusive
- juntamente com
- expressamente proibido
- em duas metades iguais
- sintomas indicativos
- há anos atrás
- vereador da cidade
- outra alternativa
- detalhes minuciosos
- a razão é porque
- anexo junto à carta
- de sua livreescolha
- superávit positivo
- todosforam unânimes
- conviver junto
- facto real
- encarar de frente
- multidão de pessoas
- amanhecer o dia
- criação nova
- retornar de novo
- empréstimo temporário
- surpresa inesperada
- escolha opcional
- planear antecipadamente
- abertura inaugural
- continua a permanecer
- a últimaversão definitiva
- possivelmente poderá ocorrer
- comparecer em pessoa
- gritar bem alto
- propriedade característica
- demasiadamente excessivo
- a seu critério pessoal
- exceder em muito .

Note que todas essas repetições são dispensáveis.
Por exemplo, ' surpresa inesperada ' . Existe alguma surpresa esperada? É óbvio que não.
Devemos evitar o uso das repetições desnecessárias. Fique atento às expressões que utiliza no seu dia-a-dia.
_________________________________________

E, assim, se fala em bom português
Prof.. Pasquale Neto
No popular se diz: ' Esse menino não pára quieto, parece que tem bicho carpinteiro '

Correto: ' Esse menino não pára quieto, parece que tem bicho no corpo inteiro '

EU NÃO SABIA. E VOCÊ?

Batatinha quando nasce, esparrama pelo chão. '
Enquanto o correcto é: ' Batatinha quando nasce, espalha a rama pelo chão. '

' Cor de burro quando foge. '
O correcto é: Corro de burro quando foge!

Outro que no popular todo mundo erra:
' Quem tem boca vai a Roma. '
O correcto é: ' Quem tem boca vaia Roma. ' (isso mesmo, do verbo vaiar).

Outro que todo mundo diz errado,
' Cuspido e escarrado ' - quando alguém quer dizer que é muito parecido com outra pessoa.
O correcto é: ' Esculpido e encarnado"

Mais um famoso... ' Quem não tem cão, caça com gato. '
O correcto é: ' Quem não tem cão, caça como gato... ou seja, sózinho! '

1 comentário:

Anónimo disse...

I would like to appreciate the work of blog author that the person provided us with an extremely excellent information regarding the topic.I really learned something from this blog and started to contribute my ideas via commenting on this blog.Keep it up Different between CITY life and VILLAGE life.