sexta-feira, 11 de agosto de 2006

Hoje apetecia-me...

Para alguns, isto faz lembrar algo... sim, foi um post que escrevi num blog antigo meu em que lá deixava as minhas fases más da vida.
E hoje, como continuo com as minhas dores nas costas (nem às custas das drogas todas que a médica espanhola receitou isto passa..) lembrei-me deste post que tinha esse titulo e que data de 2006/03/25, e o post rezava assim
"
Hoje apetecia-me...
... ter-te nos meus braços
... encher-te de mimos
... dizer-te aquilo que gostas de ouvir
... estar contigo
... beijar-te
... amar-te mais do que ontem

enfim, fazer-te a mulher mais feliz do mundo!!"

e sinceramente, ainda me apetece...

mil beijos para ela e 1 abraço para eles

P.S.- para quem quiser rever ou olhar essas antiguidades aqui fica o link pois já não escrevo lá há algum tempo

3 comentários:

mArTiNa disse...

Fui ler o teu antigo blog e tenho-te a dizer que me rolaram lágrimas pela cara...Lágrimas de tristeza, pois como sabes ando a sofrer por causa desse sentimento que nos faz sentir o aperto no coração que nao conseguimos explicar. Lágrimas de compreensão, pois o que li adapta-se a mim, lagrimas de saudade e o mais estranho, lagrimas por ver quao parecidos somos e quão gosto de ser tua irma, e de não me ter apercebido de que andavas assim. Tenho saudades das nossas conversas ate as tantas quando xegavamos da noite... beijos mano, e gosto muito de tu! So te quero ver sorrir cm sempre fizeste. Quando precisares nao hesites em telefonar-me... posso tar longe, mas estarei disponivel pa te ajudar, axim km me ajudast estas ferias.

Tânia Pereira disse...

Meu Martins que bom que é ler-te assim sentimentalista...chorei 3lágrimas aqui na biblioteca à tua pala. Espero-te mais forte e com o coração mais recomposto e preparado para mais um embate amoroso. Para um próximo que nunca sabemos quando nem como vai ser ou surgir. Fica bem e melhor das costas.

Ivo disse...

Por acaso lembro-me bem de quando escreveste esse post. Acho que não preciso dizer-te mais nada. também não ía escrever aqui mas dizia-te directamente a olhar para ti e sem oculos de sol porque sei que gostas... Disso e de gajos nus mas quanto a esse assunto não tenho nada a ver com isso. São coisas tuas...